Miopia

O paciente míope apresenta uma condição de insuficiência visual em que vê desfocado ao longe mas com nitidez ao perto.

 

Os olhos humanos saudáveis conseguem reconhecer letras e imagens em menos de uma fração de segundo e distiguir milhares de cores. No entanto, milhões de pessoas em todo o mundo necessitam de usar óculos para suprir dificuldades visuais e melhorar a sua qualidade visual.
O paciente míope apresenta uma condição de insuficiência visual em que vê desfocado ao longe mas com nitidez ao perto, uma vez que habitualmente o seu olho apresenta um maior poder dióptrico (ou seja, é mais forte e/ou longo que a norma) quando o mecanismo de acomodação se encontra relaxado, induzindo  que os raios de luz produzam a imagem não na retina, mas sim à frente da mesma.

 

Existem diferentes critérios de classificação da miopia, segundo a sua origem o seu valor dióptrico ou a idade de aparecimento. Abaixo segue um quadro resumo das possíveis classificações da miopia.

 

Tipologia de Classificação Sub-divisão Miópica
Origem clínica

Miopia Simples

Miopia Noturna

PseudoMiopia

Miopia Degenerativa

Miopia Induzida

Potência Miopia Baixa (<3.00D)
Miopia Média (3.00-6.00D)

Miopia Elevada (>6.00D)
Idade do Aparecimento

Miopia  Congénita (presente ao nascimento e persistente durante a infância)

Miopia de surgimento na Juventude (<20 anos de idade)
Miopia de surgimento em adulto jovem (20-40 anos de idade)

Miopua de surgimento em adulto tardio (>40 anos de idade)

Tabela 1 - Quadro resumo de sistemas de  classificação da miopia. Guideline da American Optometric Association, revisão de 2006

 

Estudos recentes reforçam a relação da herditariedade com a manifestação da miopia, assim como uma menor progressão da miopia em crianças com maior número de horas com atividades ao ar livre. Atualmente investiga-se  bastante  a relação que as atividades ao ar livre detêm na miopia, como forma de controlar a progressão miópica.

 

A sintomatologia mais frequente de um míope é a visão turva de objetos distantes, geralmente acompanhado pelo pestanejar constante, dores de cabeça e tensão ocular.

 

A miopia simples e noturna compensa-se com o uso de óculos com lentes negativas, divergentes (côncavas), que deslocam o ponto focal para trás, ou seja na direção da retina.

 

Existem várias opções de lentes Shamir unifocais para compensar a visão de longe, Shamir Alite e Shamir Smart As Worn, sendo esta última uma lente personalizada com uma optimização máxima dos campos visuais e espessura. É comum a existência de endoforias (anomalia na visão binocular) em míopes, induzindo queixas de desconforto ocular mesmo quando compensado o erro refrativo. Para estes pacientes é necessária uma solução óptica diferente para que para além de melhor a acuidade visual após a compensação do erro refrativo, se solucione conjuntamente os problemas de visão binocular.  Tal situação é contemplada na gama Shamir com a lente Shamir Relax, que possuí um incremento de potência de +0,66 dioptrias para perto de modo a compensar a anomalia da visão binocular.

 

Existe também uma gama de lentes solares e desportivas que permitem graduar uma ampla gama de potências, independentemente da sua curvatura ou tamanho da ocular - Shamir Attitude III.

 

Esta informação não substitui as recomendações de um profissional de saúde. Qualquer questão mais  específica e um correto diagnóstico consulte o seu profissional da visão. Recomendamos que visite o seu optometrista ou oftalmologista anualmente, para que seja  observado e diagnosticado atempadamente qualquer anomalia na sua visão. O teste à visão, realizado pelo seu optometrista ou oftalmologista, indicar-lhe-á se tem algum distúrbio visual.

 

 

 

 

Miopia

© 2011 Shamir Optical Industry Ltd. designed by studio3